Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

agoravejoassim

agoravejoassim

De que te vestes...

De onde bebes,

De que te vestes

De onde bebes Ignorância que te enaltece

Humilde vivã Aprende com o dia a dia

De quem dorme num divã

Entregas-te à certeza que a beleza mora aqui, não te iludas, porque antes desta ainda tens que passar por outra e para além destas existem muitas outras, Medíocre pensamento o que se resume apenas à vivência mais próxima, grandioso o que partilha a experiência livremente e obtém novas curiosidades e descobertas do que vive a mesma realidade noutra dimensao. Deveras, substimas naturalmente o que já viveste, por vezes com decepção mas agora como mais uma experiência , não tens consciência de como as más experiências e as temporárias valorizam o simples facto de estares vivo. Imagino os que seguem um estereótipo organizado e realizado e feliz que não condeno e até será um percurso condecorado,iupi. Não vejo! Mas acredito e consigo, queres melhor? Se não fosses tu a balança nunca se manteria, não existiria, seria indispensável e tudo perderia a piada.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D