Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

agoravejoassim

agoravejoassim

O adeus está a cair em desuso...

The-Royal-Family$27s-Last-Farewell,-20-January-179

 

Parece que o mundo avança a uma velocidade em que o adeus perde o sentido.

Até já, até logo, até amanhã, tchau...

Talvez por isso quando se despedem não manifestem o prazer em fazê-lo, ou melhor, a despedida perde o seu significado e não necessita de ser tão sentida como a chegada. 

Recordo-me de momentos em que esta situação era sempre emotiva, onde ainda antes de o fazer, a ansiedade e saudade borbulhavam dentro de mim independentemente do tempo que durasse.

Por outro lado o adeus fica associado à despedida de longa duração ( a partir de uma semana?), à distância e eterna. No último caso já não será em diálogo, ficando gravado no sub-consciente o adeus silencioso que não foi expelido ou aceite porque não tivemos tempo de o fazer. Não tivemos tempo de o sentir.

 

Qual será a próxima acção a deteriorar-se...

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D